PROGRAMA VIVÊNCIAS AFETIVAS – Apadrinhamento Afetivo

“O apadrinhamento consiste em estabelecer e proporcionar à criança e ao adolescente vínculos externos à instituição para fins de convivência familiar e comunitária e colaboração com o seu desenvolvimento nos aspectos social, moral, físico, cognitivo, educacional e financeiro.”

– Estatuto da Criança e do Adolescente, Art. 19-B., § 1o

Objetivos

Promover e Garantir os Direitos da Criança e Adolescente em situação de acolhimento, buscando a Convivência Familiar e Comunitária, conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (art.IV);

O “Programa Vivências Afetivas” procura possibilitar à criança e adolescente acolhido, com remotas possibilidades de retorno à família de origem ou de inserção em família substituta, a oportunidade de experimentar novas relações de afeto, amizade e proteção visando o desenvolvimento da sociabilidade através do convívio e troca de valores.

O que é o apadrinhamento afetivo?

Oportunidade de resgatar o direito a convivência familiar e comunitária de crianças e adolescentes;

Amplia suas referências; possibilita se relacionar dentro de outros ambientes, com novos exemplos de participação familiar e de cidadania dentro da sociedade.

Permite que a criança passe algum tempo com pessoas que sejam uma referência positiva nas suas vidas;

Quem pode apadrinhar?

Maiores civilmente (independente do estado civil, raça e sexo) e residentes em São Bernardo do Campo;

É necessário que haja diferença de 16 anos entre padrinho e afilhado;
Pessoas que não podem ou não querem adotar, mas que têm disponibilidade de prestar suporte material, financeiro, afetivo, ao longo da vida de uma criança ou adolescente acolhido.

Terá a liberdade de escolher lugares para passear, ocasiões e demais atividades para realizar com o “afilhado”, participando efetivamente da vida deste;

Perfil das crianças e adolescentes que podem ser apadrinhadas:

Ter mais de 8 anos de idade;

Sem perfil para adoção;

Tempo mínimo de trabalho técnico para conhecimento da situação familiar e formação de parecer;

Afinidade com os padrinhos (após aproximação);

Atenção: a disponibilidade de crianças e adolescentes para o apadrinhamento é variável, havendo períodos no qual não existem atendidos disponíveis para participar do programa.

Como participar?

Preencha o formulário abaixo e aguarde contato da equipe técnica. Os inscritos dentro do perfil serão chamados para uma reunião explicativa, que ocorrerá dentro do horário comercial. Frisamos que cadastros fora do perfil explicitado serão desconsiderados. Lembre-se: o apadrinhamento demanda disponibilidade de afeto e tempo!

Está no Cadastro Nacional de Adoção ou possui a pretensão de adotar?


Reside em São Bernardo do Campo - SP?


EMPRESAS PARCEIRAS