Geral

Acolher reintegrar na família de origem ou substituta, promovendo autonomia a crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social, garantir proteção integral como medida provisória e excepcional, encaminhados por meio da Vara da Infância de São Bernardo do Campo

Específicos

Acolher e garantir proteção integral as crianças e adolescentes atendidos:

Restabelecer e Fortalecer os Vínculos Familiares e/ou Comunitários contribuindo para a prevenção do agravamento para situações de negligência e ruptura de vínculos e ou comunitários.

Promover acesso à rede socioassistencial, aos demais órgãos do sistema de Garantia de direitos e as demais políticas públicas setoriais;

Promover o desenvolvimento da autonomia dos adolescentes atendidos;

Preparar e apoiar a criança e adolescente para desligamento em parceria com a cuidadora residente.

Oferecer capacitação continuada para a Equipe de Colaboradores e Técnica.

Articular ações de referência e contra referência com CREAS (articulação com demais serviços da rede e inclusão em serviços e acesso a benefícios socioassistenciais).

Certificados

Para tanto a instituição possui certificado de declaração de Utilidade Pública Estadual sob a Lei nº. 6298/88 publicada no D.O.E. no dia 21/12/88 – Projeto de Lei nº. 250/88 e declaração de Utilidade Pública Municipal sob a Lei nº. 2701/85 publicado no dia 23/09/85 – Processo nº. 13631/85 e Registros no CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) sob nº23, CMAS (Conselho Municipal de Assistência Social) sob n°09 e CEBAS – Certificado de Entidades Beneficentes de Assistência Social conforme portaria 40/2018, item 180 de 27/02/2018 publicado no DOU 28/02/2018.

Supervisão

O trabalho realizado pela instituição é supervisionado por diversos órgãos que orientam e fiscalizam periodicamente a rotina e o desenvolvimento do plano de trabalho apresentado anualmente e dentre estes se destacam o Ministério Público, o Judiciário, a Vigilância Sanitária, a Secretaria de Desenvolvimento Social do Governo do Estado de São Paulo (SEADS) e a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania do Município de São Bernardo do Campo (SEDESC) através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), este último acompanha e discute juntamente com a equipe técnica da instituição, caso a caso, todos os encaminhamentos para as crianças e adolescentes acolhidos, bem como o acompanhamento de seus familiares biológicos e família extensiva.

EMPRESAS PARCEIRAS